Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
 
  • Ricardo Genovez  - PV
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Ricardo Genovez
Data: 26/03/2018 Hora: 00:00:00
ELOÍZIO LAMENTA A FALTA DE MOTIVOS ALEGADO PELA PREFEITURA SOBRE A SAÍDA DO SERVIDOR
Webline Sistemas

O vereador Eloízio Abel (PP) iniciou seu discurso na Tribuna da Câmara falando sobre o seu pedido de informação, assinado também pelo vereador Júlio Saes (PP) onde eles questionam o motivo da saída do servidor Amadeu Raimundo do Esporte. O vereador fala sobre o papel do Legislativo de procurar obter a resposta à população. Na ocasião do pedido, o prefeito enviou a seguinte resposta: “...a nomeação e exoneração de cargos de comissão e funções gratificadas constitui prerrogativa do chefe do Poder Executivo extinguindo a exteriorização de suas razões...Tentar compelir o chefe do Poder Executivo por meio de informação subscrito por edil ou qualquer outro mecanismo regimental e por razões de sua exclusiva competência configura clara e grave violação do princípio da harmonia e competência dos poderes...Conduta que deve ser prontamente coibida na Casa de Leis...”.

Após a leitura, o vereador ressaltou o respeito que tem pelo prefeito e argumentou que achou “deselegante a resposta assinado pelo chefe do Executivo”, enfatizando que “temos que prestar conta para a população e não para mim. Estamos em um estado democrático de direito, mas a administração deixou aqui o vereador, o servidor e toda a população sem resposta. Se tivesse informado o motivo, a população poderia analisar a boa fé ou não do ato administrativo”. Ao final, o vereador deixa o seu repúdio ao Poder Executivo pela resposta enviada e deixa um alerta: “Prefeito tome cuidado com o que esta assinando, porque lá na frente é o senhor que irá responder. Muito cuidado com isso”, salientou se referindo a resposta enviada à ele que estava assinada pelo prefeito Marcos Olivato.

SORRI

O vereador abordou também o questionamento dos munícipes que utilizam o transporte municipal para realizar atendimento na SORRI (Centro Especializado em Reabilitação) em Bauru que está tendo que sair de madrugada de Macatuba sendo que o atendimento só inicia às 10h. As crianças acabam tendo que esperar para serem atendidas e depois aguardam novamente, pois o transporte só retorna ao final da tarde. “Os pacientes atendidos pela SORRI também necessitam de um atendimento diferenciado, assim como ocorre para as pessoas que fazem hemodiálise”, comentou.

 

Enviar esta notícia para um amigo

Reportar erro

Data: 26-03-2018 00:00:00