Seu Navegador não tem suporte a esse JavaScript!
  • Ricardo Genovez  - PV
  • Vereadores
    LEGISLATURA 2017-2020
    Presidente Atual
    Ricardo Genovez
MARCOS GOES PEDE A PREFEITURA O LEVANTAMENTO DE GASTOS COM FUNÇÕES GRATIFICADAS E PROPÕE AJUSTES
Webline Sistemas

O vereador Marcos Góes (PSB) solicitou à Prefeitura - por meio de Requerimento - as informações dos gastos que o poder Executivo teve e tem com os cargos de Funções Gratificadas (FG) no período de 2009 a 2017. “Se é preciso mexer, vamos mexer! Vamos rever pra cortar alguns cargos de confiança. Quando a gente propõe melhorias, a gente sempre escuta a mesma coisa da Prefeitura: não tem dinheiro. Eu entendo que está difícil, mas não podemos prejudicar o povo. Vou esperar a resposta dos FG e vamos rever isso”, argumentou o vereador.

Góes esclareceu que defende manter os cargos que realmente são necessários para o funcionamento do Executivo e citou dois setores que estão com mais de um cargo de confiança na mesma função. “Temos que pensar seriamente em economizar de forma correta. Uma pessoa dá conta de fazer. Se cortarmos esses dois salários vamos ver o quanto vai economizar para a Prefeitura! Agora, cortar ônibus? Acho que podemos cortar outras coisas. A falta de recursos é um fato que está acontecendo com vários municípios. Não tem nada contra os cargos de confiança, mas acho que temos que rever algumas funções, a real necessidade delas”.

FÉRIAS DOS SERVIDORES

Outra informação que chegou ao conhecimento dos vereadores Ricardo Genovez, Marcos Goes e Eloízio Abel foi a possível ‘orientação’ para que os servidores não tirem férias nesse período por conta de economia. “A corda sempre vai estourar do lado mais fraco. É uma questão de gestão: vamos pensar de forma diferente e cortar onde realmente precisa ser cortado. O que é direito do servidor tem que ser mantido!”, defendeu o vereador Marcos. Os vereadores Eloízio Abel e Ricardo Genovez também argumentaram a favor do direito dos servidores.

Góes finalizou seu discurso pedindo por uma economia do Poder Executivo, mas de forma correta e não tirando benefícios dos menos favorecidos. “Vamos começar de cima, dos cargos grandes. Vamos rever a gestão!”.

 

Data: 25-06-2018 00:00:00